Adestrador de Cães Brasil

Alimentação Natural para Cães Saudáveis: a nova era da alimentação canina

alimentacao natural para caes

A Alimentação Natural para Cães Realmente Saudáveis é uma forma de ter um cão mais saudável, com mais longividade, com pelo mais brilhosos, além de outras centenas de benefícios.

Muitos estão aderindo este tipo de alimentação, mas para poder cumprir com o que é necessário, as vezes, vai além do que donos pouco dedicados, ou com pouco conhecimento são capazes de seguir.

Por este motivo, vinhemos aqui para lhe informar mais sobre este tipo de alimentação que é considerada, sem sombra de dúvidas, a melhor maneira de alimentar qualquer cão.

Índice

A Alimentação Natural para Cães Realmente Saudáveis Funciona mesmo?

Escolher o tipo certo de alimento para cães que você irá fornecer é provavelmente a decisão mais importante que você tomará para o seu filhote de cachorro ou para um cachorro mais velho que você já tenha.

A nutrição de cães alimenta sem demora todos os aspectos da vida do seu cão.

Aspectos tais como: o crescimento do filhote até a fase adulta, suas práticas comportamentais, saúde, bem-estar geral e aparência física estão intimamente ligados ao que você poe para o seu cão comer.

Podemos dizer sem medo que esta é uma enorme responsabilidade e que você deve fazer o que é o certo.

Infelizmente, nem sempre aquilo que sabemos ou aprendemos é o certo.

Mas fique tranquilo, neste guia, você vai saber exatamente o que precisa fazer para ter um cão bonito, com pelo brilhoso, mais saúde e consequentemente mais tempo de vida ao seu lado.

Os principais benefícios de um plano alimentar para cães saudável, equilibrado e nutritivo:

 Um plano alimentar nutritivo e equilibrado para alimentação de cães incentiva:

  • Pele e pelagem saudáveis;
  • Músculos fortes e ossos bem desenvolvidos;
  • Olhos brilhantes e claros;
  • Fezes mais sólidas;
  • Boa saúde bucal;
  • Menos transtornos digestivos;
  • Explosão de energia;
  • Poucos (se houver) problemas de comportamento;
  • Estilo de vida mais saudável e feliz;
  • Vida mais longa ao seu lado.

Praticamente tudo, certo?

Comida natural para cães

Considerando as últimas notícias sobre o “testes” de alimentos para cães e questões associadas com alimentos para cães comerciais, a alternativa de comida caseira para cães realmente veio à tona.

Planejar e preparar as refeições do seu cão a partir do zero tem inúmeros benefícios, o que inclui o controle total de todas as refeições servidas.

Você sabe exatamente o que acontece em cada refeição e onde o produto e os ingredientes foram obtidos. Além de saber que ele foi preparado em um ambiente limpo.

Ele requer uma pessoa organizada para montar um plano de alimentação caseira e, em seguida, fazer todas as refeições diárias do cão.

Refeições caseiras comuns para cães incluem grandes guisados ​​de carne, sopas saudáveis, legumes e talvez alguns ossos crus de tempos em tempos.

A alternativa de comida de cachorro caseira também tem a responsabilidade adicional de fazer refeições nutricionalmente equilibradas e alcançar as demandas de calorias para o seu cão.

Se você se animar  e fizer tudo com as receitas certas de comida de cachorro, tiver a aprovação do veterinário e entrar em um programa, essa prática não é tão difícil de manter como parece, além disto, nós iremos e fazemos questão de te ajudar nesta jornada de alimentação ideal.

Alimentando seu cachorro corretamente

Para manter o bom estado de saúde do seu cão, é vital alimentá-lo com uma dieta bem balanceada e com a quantidade correta de comida, todos os dias.

Há uma grande variedade de alimentos caninos disponíveis, por isso pode ser difícil decidir qual seleção fazer, ou qual é a escolha mais benéfica para o seu animal de estimação.

Existem, no entanto, nutrientes dietéticos específicos que um cão não pode deixar de comer para se nutrir – proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais, fibras e água -, além de fatores de idade, saúde e estilo de vida a considerar, e isso ajuda a tornar a tarefa de escolher a dieta mais adequada, menos difícil.

Plano de Dieta Canina

Os cães são onívoros nos hábitos alimentares e podem ser mantidos em programas de dieta vegetariana especialmente concebidos, embora prefiram refeições à base de carne.

Em estado selvagem, o cão caça, mata, alimenta e descansa.

Ele pode se encher de um animal inteiro um dia e depois ficar sem comida para os dois ou três dias que estarão por vir;

É por isso que muitos cães gostam de comer até estarem prontos para explodir – a intuição diz que eles podem ter que aguentar algum tempo antes da próxima refeição.

Cães domésticos adultos são frequentemente alimentados uma vez por dia, mas dividir esse alimento em duas refeições adiciona relação e interesse.

Também é preferível alimentar certas raças de peito grande, como Pastores Alemães, Dogues Alemães e Setter Irlandês, várias pequenas refeições em vez de uma grande, para evitar condições digestivas potencialmente terminais, como inchaço, por exemplo.

Você vai encontrar dietas clínicas produzidas no varejo, normalmente obtidas apenas de veterinários, que podem ajudar cães que sofrem de uma ampla gama de doenças, como cálculos renais, sinais de senilidade, obesidade, distúrbios digestivos, diabetes mellitus e problemas de dentes e gengivas.

Existem até itens alimentícios projetados para raças de longa duração, além de fórmulas para cada estágio de vida.

Você também pode escolher entre dietas holísticas que não incorporem aditivos sintéticos e dietas destinadas a pessoas alérgicas.

Nutrientes Necessários

 Normalmente, os cães não são difíceis de alimentar, e eles prosperam em uma dieta não muito diferente dos humanos, embora com um pouco mais de proteína.

A maioria dos alimentos de origem animal, cereais, raízes e gorduras são fáceis de quebrar.

O truque da alimentação correta é fornecer uma dieta balanceada que forneça todas as qualidades essenciais nas proporções adequadas umas às outras com o objetivo pretendido – trabalho, reprodução, crescimento ou vida adulta saudável.

Estes tipos de nutrientes estão listados abaixo:

Carboidratos

Os carboidratos, por meio de amido de cereais cozidos ou açúcar, fornecem até 70% do peso da comida do cão (depois de retirar qualquer água presente) ou cerca de dois terços das calorias.

Biscoitos de cachorro, macarrão e arroz são três alimentos energéticos úteis para cães, e o arroz é um alimento útil para cães alérgicos ao trigo.

Proteínas

Proteínas de carne e vegetais (embora este último seja inferior ao anterior) melhoram o tecido corporal, realizam “reparos” e produzem hormônios.

A matéria seca dos alimentos para cães deve conter pelo menos 15% de proteínas, das quais a maioria deve provir de alimentos de origem animal (carne e laticínios) ou proteínas vegetais de alta qualidade, como a soja.

Minerais

Minerais são ocasionalmente referidos como “cinzas” nos rótulos dos alimentos para cães.

Os essenciais são cálcio, fósforo e cloreto de sódio (sal comum) em uma combinação bem equilibrada.

Cálcio e fósforo constituem a maior parte da matéria mineral do osso e devem ser utilizados na taxa de cerca de 3% de cálcio / fósforo na dieta; uma quantidade excessiva de cálcio na dieta, particularmente em filhotes de raças grandes, pode resultar em irregularidades esqueléticas, enquanto uma quantidade excessiva de fósforo (encontrada em dietas com alto teor de carne e miudezas) poderia causar eclâmpsia em cadelas em lactação.

Minerais essenciais adicionais para uma boa saúde, como zinco e cobre, ocorrem naturalmente na carne, nos cereais e em outros componentes de uma dieta balanceada.

Vitaminas

A vitamina A (também chamada de retinol) é importante para o crescimento e visão, enquanto as vitaminas do grupo B são cruciais para a manutenção, em particular, do sistema nervoso.

A vitamina D ajuda o corpo a criar cálcio, necessário para ossos e dentes saudáveis, assim como o fósforo.

A vitamina E (tocoferol) é importante para o nivelamento das membranas celulares.

Como os caninos podem criar sua própria vitamina C (ácido ascórbico, essencial para manter o tecido conjuntivo e a pele saudáveis), isso não precisa necessariamente fazer parte da dieta.

Gordura

A gordura contribui para a palatabilidade dos alimentos, mas é, na verdade, essencial apenas como fonte dos ácidos graxos essenciais (AGEs), também conhecidos como poliinsaturados, que são vitais para manter a saúde do corpo.

Eles trabalham principalmente lidando com a perda de água através da pele.

Uma deficiência nos EFAs pode levar a problemas terapêuticos reprodutivos, de pele, pelagem e feridas.

Fibra

A falta de fibra na dieta pode resultar – particularmente em cães idosos, inativos – em problemas intestinais e outros problemas digestivos causados ​​por intestinos lentos.

A fibra é fornecida através da matéria vegetal indigesta em alimentos como legumes cozidos e crus, bem como cereais.

Balanceamento da alimentação

É fundamental que o equilíbrio de nutrientes fornecido a um cão esteja correto, uma vez que os excessos podem causar tantos problemas de saúde quanto inadequações.

Se seu cão recebe mais calorias a cada dia do que seu corpo requer, ele engordará.

Assim como nos seres humanos, a obesidade é responsável por muitas doenças caninas, como problemas cardíacos, doenças articulares e declínio da função pulmonar.

Quanto devo dar de comida ao meu cachorro?

Isso depende do seu animal de estimação:

  • Tamanho;
  • Nível de atividade física diária;
  • Idade;
  • Personalidade;
  • Temperatura de onde se vive e outros fatores.

Filhotes jovens e aqueles que estão sendo trabalhados, ou que são realmente ativos todos os dias, podem precisar de mais alimentos (calorias) por dia do que o cão normal, enquanto um cão velho e inativo precisará de menos.

Matendo o Controle das Calorias

 A energia é calculada em unidades de calor chamadas calorias.

Em um cão saudável, a quantidade de calorias que ele requer nivela o número de calorias que seu corpo usa diariamente.

Se este equilíbrio for bem mantido, o cão permanece saudável, em forma e seu peso permanece regular.

Um cão subnutrido perde peso e condição à medida que seu corpo puxa as reservas de gordura e proteína para compensar as insuficiências de sua dieta.

A quantidade de calorias que um cão precisa diariamente depende de seu tamanho, estágio de vida, nível de atividade e individualidade.

Por exemplo, um cão adulto pouco saudável, com duas horas de atividade regular por dia, demanda entre 125 e 700 calorias diárias, dependendo do seu tamanho; um cão grande precisará de 1.400 calorias por dia, dependendo do tamanho, é claro.

Os filhotes precisam de mais calorias em relação ao seu peso corporal, já que estão crescendo rapidamente, tendem a ser mais suscetíveis à perda de calor devido ao seu pequeno tamanho, e suas necessidades energéticas são maiores.

As cadelas em lactação exigem cerca de 50 a 60% mais calorias do que o habitual, e os cães altamente ativos (em atividade) precisam de pelo menos 40% mais calorias do que os requisitos moderadamente energéticos normais.

Quando devo alimentar meu cachorro?

A maioria dos proprietários alimentam seus cães na parte da manhã ou à noite, e muitas vezes ambos, determinados pelas necessidades de idade ou preferências individuais de seu cão.

Alguns cães se saem melhor com sua ração diária dividida em duas ou até três refeições, enquanto alguns têm o prazer de comer sua mesada diária em apenas uma única porção, desde que seja seguro fazê-lo.

É melhor não alimentar os cães adultos nos mesmos períodos todos os dias, pois contar com uma rotina rígida pode perturbar o cão se você chegar atrasado em casa e não puder lhe dar comida no horário previsto.

Não ter certeza de quando será alimentado também ajuda a alimentar um cão orientado para a alimentação, o que geralmente é mais útil quando se treina;

Além disso, desencoraja ele comer agitado. O que não é bom para ele, caso ele esteja muito agitado na hora de comer, muito provavelmente ele poderá ter uma torção de estômago, o que muitas vezes gera gastos de dinheiro e idas e vindas ao veterinário.

Recomendações de Alimentação Canina

 Aqui logo abaixo, estão algumas diretrizes básicas para aderir ao alimentar seu cão:

  • Coloque um tapete de alimentação, ou jornal, sob tigelas de alimentação, uma vez que muitos caninos são comedores desleixados.
  • É aconselhável introduzir mudanças na dieta pouco a pouco para evitar problemas intestinais.
  • Nunca dê comida temperada ou a que qualquer bebida tenha sido adicionada
  • Para evitar asfixia, elimine todos os ossos de carnes e peixes frescos.
  • Água potável limpa e fresca deve estar sempre acessível.
  • Certifique-se de que certos alimentos e tigelas de água estejam sempre limpos.
  • De maneira alguma permita que seu cão consuma chocolate destinado ao consumo humano, pois é tóxico para eles.
  • Fale com o seu veterinário se o seu cão demonstrar alguma relutância em comer ou beber.
  • Dissuadir seu cão de implorar na mesa, e definitivamente não dê para ele.

Tipos de Alimentos para Cães

Alimentos enlatados ou ensacados de boa qualidade são os mais simples de se alimentar.

Consiste em todos os nutrientes essenciais nas proporções corretas, que incluem vitaminas e minerais que podem estar ausentes de uma dieta caseira de carne fresca ou cozida e sucatas de mesa.

Estas são quatro formas de alimentos preparados comercialmente.

  1. Comida de cachorro enlatada ou úmida

Alimentos enlatados tem alto teor de água, está disponível em uma ampla gama de sabores e é geralmente a escolha preferida de cães.

Prós:

  • Extremamente palatável (excelente sabor);
  • Contém todos os nutrientes que um cão precisa;
  • Longo tempo de armazenamento se não for aberto.

Contras:

  • Volumoso para armazenar e pesado para transportar;
  • Engorda;
  • Forte odor;
  • Não é bom para os dentes;
  • Contém muitos aditivos artificiais;
  • Estraga rapidamente;
  • Mais caro.
  1. Alimento para cães semi-úmido

Muitas vezes contendo proteína vegetal como soja, este tipo de alimento contém menos água do que enlatados, portanto mantém-se bem em uma tigela sem secar e perder a textura.

Prós:

  • Bom sabor;
  • Contém todos os nutrientes que um cão precisa;
  • Mais fácil de armazenar do que as latas.

Contras:

  • Engorda;
  • Forte odor;
  • Não é bom para os dentes;
  • Muito caro;
  • Contém aditivos artificiais;
  • Estraga rapidamente.
  1. Alimento canino seco

Como o próprio nome sugere, o alimento completo e seco contém o mínimo de água e todos os nutrientes de que o seu cão necessita.

Alguns tipos são projetados para serem umedecidos com água antes de se alimentar, enquanto outros tipos podem ser alimentados como são, caso em que seu cão precisará de muita água para beber em conjunto com ele.

Prós:

  • Econômico
  • baixo odor
  • Contém todos os nutrientes que um cão precisa
  • Melhor para os dentes
  • Conveniente para alimentos

Contras:

  • Volumoso para armazenar;
  • Apaga-se se for armazenado por muito tempo;
  • Não tão palatável quanto enlatado / semi-úmido;
  • Alto teor de cereais pode causar problemas para cães sensíveis ao glúten.
  1. Alimento para cães complementar seco

Projetado para ser alimentado com carne enlatada, cozida ou crua, este alimento geralmente compreende farinha de cereais ou biscoitos.

Alimentado sozinho, ele não satisfaz as necessidades nutricionais diárias de um cão.

Prós:

  • Econômico
  • Baixo odor
  • Boa fonte de energia
  • A maioria é suplementada com vitaminas e minerais
  • Melhor para os dentes

Contras:

  • Demorado para misturar com ingredientes que fornecem proteínas;
  • Estragar se armazenado por muito tempo;
  • Volumoso para armazenar.

Alimentação Natural Caseira

Muitos cães gostam de comidas caseiras, mas basear-se em uma dieta completamente balanceada pode ser muito difícil;

Também será necessário um suplemento vitamínico e mineral – consulte o seu veterinário para aconselhamento.

Para facilitar a alimentação, especialmente para os “ocupados”, é mais simples manter a comida de cachorro comercial e apenas dar uma refeição caseira periódica para um petisco, ou para tratar  um cachorro doente, e que perdeu o apetite.

No caso do último, itens como mingau cozido, carne e peixe desossados ​​e ovos mexidos são frequentemente apreciados e facilmente digeridos.

Sempre deixe os alimentos cozidos esfriarem antes de servir.

Nos próximos capítulos, nos concentraremos mais na comida natural para cães – seus prós e contras, e em como tornar cada receita boa e sumptuosa para o seu cão.

Dar comida caseira para o cão é uma boa prática?

Ignore o saco de lixo do restaurante. Hoje em dia, cada vez mais os cães estão comendo seus próprias comidas, conseguindo obter comida canina caseira.

Houve um aumento gradual no número de pessoas que estão solicitando ajuda para criar dietas caseiras para seus caninos, segundo a maioria dos veterinários dos EUA e do Brasil.

A tendência para a comida de cachorro caseira começou há cerca de uma década, e a grande maioria dos donos de cães continua a alimentar seus cães com rações comerciais.

A ascensão da ração caseira ficou mais forte depois do “recall” que aconteceu em 2007, de alimentos para animais contaminados com melamina.

Além de sustos de contaminação do produto, numerosos donos de animais sentem que as refeições caseiras são uma opção mais fresca para rações prontas para animais de estimação.

Há também donos de animais de estimação que têm um tempo considerável e têm um vínculo muito forte com seu animal de estimação e acham que, se quiserem manter uma dieta saudável, também querem que seu cão coma uma alimentação saudável.

Os proprietários também podem preparar e cozinhar para seus animais de estimação como uma expressão de afeto, já que a maioria dos donos vê seus cães como crianças.

Nutrição Balanceada

Então você é atraído para cozinhar em casa para o seu cão. Exatamente o que você deve levar em conta?

Se os proprietários estão recebendo receitas de um guia, da rede ou de um veterinário ou nutricionista veterinário, uma questão está no topo da lista.

Os proprietários pretendem garantir que a receita forneça algo completo e equilibrado para o cão.

De uma perspectiva nutricional, esse é o maior obstáculo que alguém tem quando tenta alimentar caseira.

Não há alimentos ou ingredientes mágicos para isso.

Alimentos para animais comerciais são projetados para fornecer nutrientes suficientes.

Mas os donos de cães que fazem comida caseira para cães devem garantir que a dieta inclua uma fonte de proteína, uma fonte de carboidratos, vitaminas e minerais suficientes, além de um pouco de gordura.

Os cães têm necessidade de uma pequena soma de gordura.

Cozinheiros domésticos podem misturar proteínas e carboidratos em uma variedade de combinações, como cordeiro e arroz, carne e batatas, ou frango e macarrão. Carboidratos são uma fonte econômica de energia e fornecem alguns importantes aminoácidos e ácidos graxos.

Além disso, uma seleção de vegetais seria perfeitamente adequada, embora veterinários alertem para cebola e alho, que podem ser venenosos para os cães.

Alimentos adicionais para proteger seus cães de: passas, uvas, nozes de macadâmia, chocolate e carne crua, que desenterra os caninos em risco, como a salmonela e a E. coli. Toda a carne deve ser cozida corretamente.

Mesmo que os proprietários possam encontrar receitas abundantes para comida de cachorro caseira online e em livros, alguns profissionais encorajam donos de animais a levar as receitas primeiro ao seu veterinário e perguntar se o seu médico pode ajudá-los a determinar se está equilibrado.

Além disso, os proprietários que fazem dietas caseiras devem ter seus cães e a dieta deve ser avaliada pelo menos duas vezes ao ano.

Os proprietários também precisam lembrar que os cães em diferentes fases da vida ou com distúrbios de saúde podem ter necessidades dietéticas totalmente diferentes do que um canino adulto normal e saudável.

Os proprietários também podem procurar um nutricionista veterinário respeitável para ajudá-los a produzir uma dieta balanceada.

Muitas vezes, esses especialistas estão disponíveis através de uma escola veterinária próxima, ou podem estar abertos para consultar seu veterinário regular por telefone ou pela web.

Para donos de animais de estimação que desejam encontrar receitas de comida de cachorro online, os sites da internet que são administrados por nutricionistas veterinários certificados são boas fontes de receitas.

Suplementação Canina

Os cães que comem comida caseira requerem suplementação para garantir que estejam recebendo nutrientes suficientes? A resposta é sim.

Especialistas dizem que inadequações nutricionais podem resultar em problemas de saúde.

O cálcio está entre as deficiências mais comuns em um plano de dieta caseira que não é profissionalmente equilibrado.

Quando os caninos não recebem cálcio adequado, eles ficam vulneráveis ​​a uma condição conhecida como “hiperparatireoidismo” secundário nutricional, que pode resultar em ossos moles e lesões ósseas.

Veterinários viram esses tipos de resultados em cães jovens consumindo dietas caseiras desequilibradas.

Eles vêem problemas com o crescimento de seus ossos – eles claramente não estão crescendo normalmente, assim você verá membros curvados, ou eles estão realmente tortos e curvados. Às vezes, também pode ser grave o suficiente para ver ossos quebrados de forma visível.

Além do cálcio, outras vitaminas e minerais também são cruciais, como magnésio, ferro e zinco.

Esses nutrientes precisam ser cobertos, o que pode ser muito difícil para fazer isso alimentando o animal com alimentação natural para donos inexperientes

Os donos de cães devem perguntar aos seus veterinários em relação à suplementação, exames precisam ser feitos para avaliar a saúde do animal e assim conseguir propor aquilo que o animal precisa.

Vale ressaltar que excesso de vitaminas e minerais também pode ser altamente prejudicial, por isso, não investe de fazer qualquer tipo de suplementação antes de ir ao veterinário.

Tempo e Custo

Acredito que nem precisamos dizer que é mais demorado cozinhar do que comprar comida comercial para cães na loja.

Quanto à despesa, muito dependerá do tamanho do cão.

Cães de grande porte, por exemplo, São Bernardo e Rottweiler, são cães que comem mais  em comparação com raças pequenas.

Se você tem um cachorro com mais de 40 ou 50 kg, e ainda possui dois ou mais deles, obviamente, o custo será maior, comparado ao proprietário que tem dois Yorkshires minúsculos.

Também é essencial que você se lembre de ficar cauteloso e seguir rigorosamente a fórmula dietética sugerida.

Muitos proprietários, com o passar do tempo, farão pequenas alterações na dieta como resultado da facilidade de cozimento ou preço dos ingredientes, um evento conhecido como deriva da receita.

Você não deve fazer essas mudanças sem conferir com um veterinário, pois elas podem desencadear desnutrição ao animal.

Prazo de Validade e Armazenamento Adequado

Alimentos embalados têm um longo prazo de validade, mas não funciona assim com refeições naturais para cães.

É uma vantagem que com comida caseira você está optando por ingredientes frescos; é uma desvantagem que você não tenha uma vida útil longa do alimento, obrigando que você tenha mais cuidado com esta parte.

Para cães pequenos, os proprietários podem fazer um lote grande, congelá-lo e retirar as porções conforme necessário. Isso vai durar por algum tempo. Mas as refeições para cães de porte grande devem ser mais bem guardadas na geladeira, já que é provável que ela vá embora em apenas alguns dias.

O importante: dietas naturais podem ser muito saudáveis e gratificantes para os donos, mas exigem um compromisso de tempo e custo extra do dono, e avaliação com um veterinário para garantir que a dieta não esteja causando o dano ao cão.

Então se você estiver decidido, prepare-se para poder começar a fazer a melhor alimentação possível para o seu cão e siga nossas dicas para não ter maiores problemas.

Receitas Naturais de alimentação canina

Qual você prefere para o jantar – um jantar de microondas ou uma mistura caseira em casa?

Quase todo mundo já comeu ambos e tem uma preferência pessoal. As probabilidades são, quem está fazendo a comida caseira pode fazer muito melhor do que um tijolo congelado de “comida”.

Esta situação pode tornar mais simples a empatia com o seu cão quando você encher sua tigela com pepitas de farinha processada e ele olha para cima com a expressão facial que quase diz: “você está brincando comigo?”

Ou talvez, seu melhor amigo peludo esteja mais do que disposto a comer qualquer coisa que entre em sua tigela.

Se assim for, você pode se perguntar: “A comida de cachorro tradicional é a melhor coisa para ele?”

Suas alternativas de jantar podem muito bem ser um simples, mas encontrar a opção certa para o seu animal de estimação não é tão simples assim.

Ele está contando com você para fazer as seleções mais saudáveis ​​e sim as mais prazerosas para ele.

Quando você faz comida em casa para seu animal de estimação, precisa ter a garantia de que seu cachorro está ingerindo alimentos que não contêm conservantes, aditivos e produtos químicos que estão frequentemente presentes em rações comerciais para cães (mas não em todas).

A grande questão é: isso é suficiente para satisfazer suas necessidades nutricionais diárias?

Existem vários Tipos de Comidas Naturais Caseiras para Cães?

Sim, existem. Assim como a alimentação humana, a ração caseira pode ser classificada de modo a filtrar a busca pela melhor dieta do seu amigo peludo.

Mas as linhas podem ficar borradas e as ideias podem se sobrepor. Por exemplo, você pode decidir alimentar uma dieta de alimentos crus para cães enquanto fica longe de todos os alimentos que os especialistas consideraram possivelmente prejudiciais.

Ou você pode optar por usar conceitos holísticos de saúde ao usar todos os ingredientes orgânicos e naturais.

É nisso que a comida caseira é centrada, afinal – modificando a dieta do seu cão de uma maneira que satisfaça a ambos.

Alimentação Crua para Cães

Seu cachorro é um animal selvagem que foi domesticado. E, como acontece com os seres humanos, a melhor dieta de qualquer espécie é da sua espécie nativa.

E a dieta nativa de um cachorro é carne. Além disso é comprovado que a carne crua é ideal.

Ao contrário dos seres humanos, os cães geralmente não são propensos a doenças como a salmonela e a escherichia coli.

Comida de cachorro natural e orgânica

Você teria que viver debaixo de uma pedra se negligenciasse toda a confusão relacionada aos alimentos orgânicos.

Um grupo inteiro de pessoas acredita que matadores de insetos, herbicidas, resíduos humanos, gunge de esgoto, radiação, mudanças genéticas e aditivos sintéticos não têm lugar em nossos produtos.

Mas e quanto a carne? Você está ciente de que sua carne – e a carne que você prepara para o seu animal de estimação – pode ser orgânica e natural também?

A carne orgânica é cultivada a partir de animais que foram criados desprovidos de hormonas de crescimento sintéticas ou medicamentos, e não foram alimentados com subprodutos animais.

Alimentos orgânicos e naturais não fornecem mais nutrientes do que os convencionais, mas seu apelo é estritamente sobre o que NÃO está dentro deles.

Você estará gastando mais por menos, mas, é muito menos do que você não quer e não precisa. A maioria das mercearias transporta carne orgânica hoje em dia, então encontrá-las não será um problema.

Comida de cachorro holística caseira

As abordagens e a medicina da alimentação holística se baseiam no conceito de que alimentar a mente e o corpo ajudando a recuperar e a gerenciar a saúde e o vigor.

Os princípios dessa alimentação consistem em ideais como equilíbrio e sortimento de alimentos.

Dietas holísticas podem ser dadas cruas ou cozidas – essa decisão é sua.

Rotação de refeição e variedade na alimentação é importante para os princípios de saúde holística, assim como a variedade é vital para o próprio regime de boa dieta para seu cão.

Os conceitos holísticos de comida para cães determinam que os grãos são aceitáveis ​​para cães – de acordo com a premissa de que quando os cães comem animais silvestres, eles também ingerem o conteúdo do estômago desses animais, o que inclui grãos e verduras.

Muitas receitas de comida de cachorro holística são posicionadas em torno de duas partes de proteína, uma parte de carboidratos e uma parte de vegetais.

Usando essas diretrizes, você é capaz de criar uma variedade de receitas.

Isso possibilita que as lacunas de nutrientes sejam preenchidas com boa alimentação, garantindo as melhores vitaminas e nutrientes necessários.

Os suplementos têm um ponto na dieta do seu filhote de cachorro?

Embora as opiniões diferem significativamente entre as pessoas, é crença de muitos outros que as especificações nutricionais de um cão saudável podem ser preenchidas com nada mais do que comida e exercício.

Os níveis de suplemento de cálcio e magnésio são muitas vezes as únicas duas considerações de deficiência quando se alimenta uma dieta de receita de comida de cachorro natural e caseira.

Você pode aumentar, por exemplo, o cálcio com iogurte sem sabor, queijo branco, casca de ovo pulverizada e sardinha.

A vitamina D para descarregar o cálcio pode ser adquirida a partir do óleo de fígado de bacalhau ou do tempo passado num dia de sol. O magnésio é encontrado em algas e espinafre, que são aceitáveis, mas apenas quando cozidos a vapor primeiro.

Tendo um Cachorro Indiscutivelmente Saudável

 Independentemente do princípio da alimentação que você selecionou para o seu cão, alguns detalhes são importantes para que você grave em mente:

  • Cachorros precisam de proteína – as dietas vegetarianas são amplamente disputadas e não oferecem nutrição completa para animais que geralmente são carnívoros.
  • Alimentos para cães comerciais que incluem uma grande porção de grãos fornecem pouca nutrição.
  • Alguns alimentos para cães comerciais incluem aditivos e componentes muito mais sinistros, como tecido canceroso, subprodutos de animais doentes, abates de abrigo e ingredientes sintéticos.
  • Alimentos que não são bons para você provavelmente são ruins para o seu cão. Alimentos fritos e guloseimas açucaradas sabotam outros esforços valentes e fornecem pouca ou nenhuma nutrição.

Então, Você Deve Cozinhar Para o seu Cão?

 Não é de surpreender que você se sinta estressado com a idéia de alimentar seu cachorro com sua própria comida. Talvez você tenha pouco tempo para cozinhar, mesmo para sua própria família humana. Leve em conta as seguintes sugestões para economizar tempo e melhorar a saúde e longevidade do seu cão:

  • Em vez de cortar legumes frescos, mantenha prontamente disponíveis sacos de congelados;
  • Em vez de purê de verduras, faça uso de alimentos para bebês preparados;
  • Prepare refeições com antecedência e congele em tamanhos individuais;
  • Coma o que seu animal de estimação come – faça refeições que todos na família, humanos e caninos possam desfrutar;
  • Faça um acordo com sua mercearia ou açougueiro. Fale com ele sobre o que você quer, e agende um dia específico da semana em que você é capaz de parar e adquirir o que ele está reservado apenas para você;
  • Envolva toda a família nisto;
  • Use a expressão de satisfação no rosto do seu animal de estimação para energizar sua descoberta de alguns minutos extras diários para dar-lhe comida caseira. 

Comida para cães naturais caseiras VS compradas em loja: Qual é a melhor?

 É essencial decidir sobre a dieta certa para um cão.

Este capítulo aponta os benefícios, juntamente com as desvantagens, de comida caseira natural e comida comprada em lojas (rações em saco e outras).

Uma é superior a outra forma de alimentação?

Quais são as variações entre alimentos para animais de estimação “faça você mesmo” e comprados em lojas?

Muitos donos de cães têm pontos de vista contraditórios em relação à escolha da melhor comida para seu animal de estimação.

Esses pontos podem ajudar a determinar se comida caseira ou comida comprada em uma loja é muito melhor para seu animal de estimação.

Nutrição Canina

Nutrição precisa ser sua principal preocupação ao selecionar o alimento certo para o seu animal de estimação.

Alimentos comprados em lojas podem parecer a opção mais saudável e mais confiável, no entanto, muitos incorporam conservantes, compostos químicos e aditivos que não são saudáveis para o seu cão.

Não assuma que toda a comida de cachorro pode ser lixo, mas você deve verificar os rótulos cuidadosamente para ajudá-lo a encontrar o alimento certo para seu animal de estimação.

Alternativamente, comida de cachorro caseira natural não incorpora quaisquer produtos químicos e contém apenas elementos naturais.

Mesmo assim, se você optar por fazer sua própria alimentação natural, deve estar certo de que ela atende aos requisitos nutricionais do seu cão.

Tanto os alimentos para animais comprados em lojas como os caseiros podem ser nutritivos, mas é a sua decisão. Você deve obter o endosso de seu veterinário antes de selecionar uma dieta para seu animal de estimação.

Sortimento da Alimentação

A comida caseira natural tende a oferecer uma maior variedade de sabores do que os alimentos comprados em lojas.

Alimentos para animais comprados em lojas geralmente só estão disponíveis em uma pequena seleção de vários sabores.

Se você gostaria que seu cão saboreasse uma dieta diversificada, você poderia pensar em comida caseira natural.

Você vai encontrar receitas para uma seleção de diferentes alimentos para cães e guloseimas na internet, além do nosso e-book com receitas exclusivas perfeitas para o seu cão, onde você consegue adquirndo o método Adestrador de Cães Brasil.

Seu cão terá prazer no esforço que você colocar em produzir novos e deliciosos guloseimas e comida para ele comer.

Gestão Alimentar

Se você optar por dar comida caseira ao seu cão, você terá controle total sobre o que seu animal de estimação come todos os dias.

Você pode se certificar de que seu animal de estimação não coma componentes potencialmente perigosos.

Se você optar por alimentar o seu cachorro comprando comida, pode muito bem não saber exatamente o que seu cão consome.

Se o controle é essencial para você quando se trata da dieta do seu cão, uma dieta de comida caseira natural será a melhor escolha.

Despesa

Existe uma variação no custo entre alimentos para animais comprados em lojas e alimentos caseiros naturais?

Na verdade não. Se você decidir comprar produtos orgânicos e de alta qualidade para sua ração caseira natural, será caro.

Se você optar por comprar as melhores marcas premium de ração para cães na loja, também será caro.

Se você escolher seus fabricantes ou ingredientes meticulosamente, você pode diminuir o custo da comida de cachorro.

Acima de tudo, você não deve negociar a saúde e o bem-estar de seu animal de estimação.

É completamente sua escolha como o proprietário, se você optar por fornecer o seu cão caseiro ou comida comprada em loja.

Se você optar por fazer alterações na dieta atual do seu cão, você deve garantir que você introduza novos alimentos pouco a pouco para evitar a diarréia e dificuldades digestivas.

Qual é o melhor custo-benefício: comida caseira ou comprada em lojas?

 Cozinhar para você é praticamente sempre mais barato do que comprar comida pronta. Mas, e quanto ao seu cachorro?

Se a comida de cachorro caseira custar menos do que a comprada em uma loja é determinada por alguns elementos, como o tipo de comida comercial para cães que você compra e com quais ingredientes você trabalha para fazer sua comida caseira.

Alimentos processados ​​para cães: enlatados

O custo por alimentos enlatados no Brasil é considerado razoavelmente alto. Este custo sai maior do que comprar ração em sacos.

Normalmente o preço de uma lata de uma boa marca de comida para cães, custa em torno de R$ 16,00.

O melhor lugar para você adquir este tipo de alimento é no Mercado Livre ou em sites específicos de alimentação canina.

Alimentos para cães processados: seco

Mais uma vez, o custo da ração seca difere muito em relação à marca, qualidade e tamanho do cachorro.

Para alimentos secos para cães de médio porte, o preço por saco de 15 kg sai em torno de R$ 179,90 a R$ 229,90.

A ração seca de alta qualidade custa em média R$ 239,90 por um saco de 15 kg. Assim, o custo por quilo de ração seca de médio porte é R$ 16,00 por kg.

Se você optar por uma ração boa e balanceada como a ração N&D ou a BioFresh, por exemplo.

As duas rações comentadas são as melhores que eu já comprei.

Comida natural caseira para cães: ingredientes regulares

As chances são quase infinitas quando você está fazendo comida caseira natural.

O valor para fazer jantares caseiros é determinado pelos ingredientes que você decide e muda as taxas.

Receitas de comida de cachorro derivam de uma proporção de três quintos de carne, um quinto de grãos e um quinto de vegetais.

Comida de cachorro caseira: Ingredientes Orgânicos

Você pode ser capaz de fazer o mesmo com os produtos orgânicos em sua cozinha caseira para competir com as marcas de comida de cachorro de alta qualidade.

O valor dos ingredientes orgânicos é praticamente sempre maior.

Mitos comuns e equívocos sobre comida caseira natural canina

Já não é mais novidade que a maioria dos alimentos industrializados não fazem tão bem quanto a alimentação natural.

A diferença em termos de nutrientes e a frescura dos alimentos naturais, trazem mais qualidade a vida canina.

Para ajudar você a mudar de dieta para os seus cães, aqui estão os oito dos mais comuns equívocos sobre alimentação de cachorro caseira natural.

Tenha em mente que este cão é um canino adulto e saudável.

Os fundamentos para essa percepção; produtos frescos são realmente mais bio-disponíveis em comparação com os feitos com ingredientes prontos.

Além disso, quando se prepara uma alimentação natural canina, você sabe exatamente o que está contido na comida.

No entanto, quando examinadas, as dietas que estão dependentes de produtos frescos e equilibrados ainda podem mostrar um número de nutrientes que o cão precisa.

Faça pesquisas sobre as necessidades reais de nutrientes do seu cão; leia livros importantes de alimentação natural canina e comece a aplicar os seus novos conhecimentos, com ajuda de um veterinário conceituado, é claro.

  1. Ossos cruz não fazem bem para o cachorro (são os únicos ossos indicados para os cães);
  2. Eu mesmo posso fazer a alimentação do meu cão, baseado no meu conhecimento de alimentação humana, é a mesma caoisa;
  3. Alimentação vegana pode suprir os nutrientes da aliemtanção natural canina com carnes;
  4. Se eu der só frango ou canja de frango para o meu cão é o suficiente;
  5. Ossos cozidos são melhores de dar para o cão, pois eles são mais moles (eles podem matar o cão, na verdade);
  6. Não preciso ligar para a quantidade da comida para o meu cão, ele só precisa comer até ficar cheio;
  7. Hoje eu to cansado, vou dar os meus restos de comida, temperada com cebola, alho e outros ingredientes humanos, sem problemas;
  8. Essa semana darei ração, na outra comida e assim vou levando.

Essas afirmações de donos de primeira viagem, podem levar o cachorro a óbito, cebola é toxica para cães, ossos cruz são melhores para o seu cão, alimentação vegana não funciona, só um tipo de proteína ou comida natural canina não adianta, precisa mudar sempre, não pode misturar alimentação natural e ração do jeito que você quiser e etc.

Cuidado

Muitos veterinários, embora reconheçam que os alimentos naturais para animais de estimação seja a melhor forma de alimentação, alguns gostam de lembrar que e a baixa qualidade de alguns alimentos para cães devem causar preocupação, ainda acreditam que as dietas caseiras, quando alimentadas unicamente assim, podem levar a instabilidade alimentar e deficiências de vitaminas / minerais que podem representar riscos à saúde do cão.

Como resultado, se você decidir alimentar seu animal de estimação com uma dieta caseira, é crucial que você compreenda e forneça o que seu cão precisa para se manter saudável;

Os nutricionistas veterinários podem ajudar na criação de dietas caseiras apropriadas.

Embora tenha sido dado extremo cuidado para fornecer recomendações seguras e instruções precisas deste capítulo, não é possível calcular a resposta de um cão individual a qualquer alimento ou ingrediente.

Você deve consultar seu veterinário e fazer uso de julgamento pessoal ao empregar essas informações nas dietas de seus próprios cães.

Receitas Naturais de Comida para Cães e Petiscos

 Vários alimentos para cães secos prontos, comumente conhecidos como ração, são recheados com toxinas, substâncias cancerígenas, alérgenos e componentes que apresentam ao seu cão uma nutrição inadequada.

Convertendo seu animal de estimação de ração processada comercialmente, para uma alimentação canina natural pode ser uma vantagem significativa para a saúde geral do seu animal de estimação.

Comida de cachorro caseira natural é indiscutivelmente mais saudável do que a comida de cachorro comercial, aquela que você pode encontrar no supermercado, lojas de animais e clínicas veterinárias.

Fazer sua própria comida de cachorro, no entanto, leva um pouco mais de tempo, mas você pode fazer mais e armazená-la no freezer.

Listamos abaixo algumas receitas que são bastante nutritivas, fáceis de fazer, preparar e cozinhar para o seu cão.

Os ingredientes usados ​​são escolhidos para ajudar o bem-estar geral do seu animal de estimação, aumenta sua capacidade de combater doenças, reduz a chances de câncer, ajuda na saúde bucal e traz muitos outros benefícios.

Ao comprar os ingredientes usados ​​nas receitas, você pode escolher se quer ir de orgânico ou não; mas mesmo se você escolher o último, tenha a certeza de que as receitas são cuidadosamente criadas para serem embaladas com a nutrição certa e adequada a cada necessidade canina.

Cardápio de alimentação natural para cães saudáveis de verdade

 Bolas de Carne e Legumes

Esta receita tem sabor de carne saudável e bom aroma que todos os cães realmente gostam.

 Você precisará de:

  •  2 potes de comida orgânica para bebês com vegetais;
  • 1 xícara de farinha de trigo integral;
  • 2 xícaras de leite em pó;
  • 1 xícara de água.

 Instruções de Preparo:

 Pré-aqueça o forno a 180 C°.

  1. Combine todos os ingredientes em uma tigela grande.
  2. Solte a mistura em uma assadeira em colheres grandes.
  3. Asse por 12 a 15 minutos.
  4. Deixe as guloseimas esfriarem completamente.
  5. Guarde as sobras de carne e vegetais na geladeira por até cinco dias.

 Peru e Vegetais

Esta receita básica de comida de cachorro natural incorpora peru para proteínas e vegetais para adicionar vitaminas e minerais.

 Você precisará:

  • 4 xícaras de água;
  • 500g de peru moído;
  • 2 xícaras de arroz integral;
  • 1 xícara de cenoura picada;
  • 1 xícara de feijão verde picado;
  • 1 colher de sopa de óleo de peixe (opcional).

 Instruções de Preparo:

  1.  Cozinhe o peru moído em uma frigideira antiaderente em fogo médio até que a carne esteja cozida.
  2. Adicione o arroz integral, o peru e a água a uma panela grande e leve para ferver.
  3. Reduza o fogo para médio-baixo e cozinhe por mais 15 minutos, ou até que o arroz esteja macio e macio.
  4. Adicione a cenoura e o feijão verde e cozinhe por mais 5 a 10 minutos, até que os vegetais estejam macios.
  5. Deixe esfriar antes de servir.
  6. Guarde jantares extras na geladeira por até cinco dias.

 Caçarola de Frango

Esta receita utiliza frango, que é uma boa fonte de proteína e abundância de vegetais para produzir uma mistura saborosa. Os feijões verdes ajudam o seu cão a sentir-se cheio e os vegetais fornecem vitaminas e minerais.

 Você precisará:

  •  4 peitos de frango;
  • 1/2 xícara de feijão verde picado;
  • 1/2 xícara de cenoura picada;
  • 1/2 xícara de brócolis picado;
  • 1/2 xícara de aveia em flocos;
  • 4 xícaras de caldo de frango com baixo teor de sal.

 Instruções de Preparo:

  1.  Retire o excesso de gordura dos peitos de frango e corte os seios em pequenos pedaços.
  2. Cozinhe os peitos de frango em uma frigideira antiaderente em fogo médio até deixar de cor-de-rosa.
  3. Adicione o frango, legumes, aveia e caldo de galinha a uma panela grande e cozinhe em fogo médio até que as cenouras estejam macias – cerca de 15 minutos.
  4. Deixe esfriar antes de servir.
  5. Guarde as porções de caçarola restantes na geladeira por até cinco dias.

 Cachorro Chili

Os caninos requerem quantidades consideráveis ​​de proteína para garantir que sejam saudáveis ​​e ativos.

Seu filhote deve obter a maior parte de sua proteína de recursos de carne, como frango fresco. Feijão tem uma grande quantidade de proteína também.

 Você precisará:

  •  4 peitos de frango;
  • 1 xícara de feijão, escorrido;
  • 1 xícara de feijão preto, escorrido;
  • 1 xícara de cenoura picada;
  • 1/2 xícara de pasta de tomate;
  • 4 xícaras de caldo de galinha.

 Instruções de Preparo:

  1.  Retire o excesso de gordura e pique os peitos de frango em pedaços pequenos.
  2. Cozinhe os peitos de frango em uma frigideira antiaderente em fogo médio-alto até não ficarem rosados.
  3. Adicione o frango, feijão, cenoura, tomate e caldo de galinha em uma panela grande e cozinhe em fogo médio até aquecer completamente – cerca de 10 minutos.
  4. Deixe a mistura esfriar antes de servir.
  5. Guarde o chili restante na geladeira por até cinco dias.

Conclusão

Com toda certeza a alimentação natural para cães é a maneira mais saudável de se ter um cachorro com todas as condições nutricionais necessárias, saudáveis, para o seu desenvolvimento físico, psíquico e emocional.

Um cão bem alimentado é um cachorro mais dócil e com menos problemas comportamentais.

A alimentação não é só estética e nem só saúde, ela é uma combinação do que há de melhor na natureza e os cães foram preparados biologicamente para comerem o que a natureza dá.

Preste atenção nos detalhes deste conteúdo e se aprofunde mais sobre o assunto através do nosso curso completo de adestramento básico e alimentação antural para cães saudáveis.

Clique aqui e conheça nosso projeto Adestrador de Cães Brasil.

Você vai notar, depois de ter nosso método, que nada mais será necessário para você ter um cão do jeito que você sempre sonhou.

Diego Brasileiro

Site Focado em desenvolver um bom comportamento canino. Nós do site Adestrador de Cães Brasil, amamos os cachorros e cultivamos o bom comportamento canino. O foco e a paciência são armas que você tem que usar para alcançar os melhores resultados do seu cachorro. Vem conosco, iremos te ensinar.

2 comments

4 × 1 =

Sobre o autor

Especialista em comportamento e obediência canino, criador de Dogo Argentino e American Pit Bull Terriês, Diego Brasileiro é um apaixonado por cães. “Irei te ajudar com suas principais dúvidas sobre adestramento e farei você curar qualquer tipo de círculo vicioso de seu pet.”.

Saiba mais

Nossas Redes

Acesse nossas redes sociais:

Your Header Sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.